Slider

  • Biblioteca Escolar Severim de Faria

    Descrição1
  • Biblioteca Escolar Severim de Fariao

    Descrição2
  • Biblioteca Escolar Severim de Faria

    Descrição3
  • Biblioteca Escolar Severim de Faria

    Descrição4
  • Biblioteca Escolar Severim de Faria

    Descrição5

Link back

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Cantiga do Mar

Há muitos anos, os alunos de Português estudavam poesia trovadoresca; agora já não . Apenas os alunos de Literatura o fazem. Sem juízos de valor. 
Esta cantiga (poema) seria uma possibilidade de cantiga de amigo, mais concretamente uma marinha... marinha, pelos motivos óbvios. (sensual, não?)



 
Cantiga do Mar (Marinha)

Ai meu amigo                                                                    
Que chegaste do ferido,                                      
Acá neste mar                                                                   
Nos vamos aconchegar!   
                                  
Mas que águas revoltadas
De repente nos são tocadas,
 Acá neste mar
Nos vamos mergulhar!

Ai meu amado                                                                   
Que chegaste do fossado,                                              
Acá neste mar                                                                   
Nos vamos abraçar!           

Mas que águas mexidas
De repente nos são sentidas,                                         
Acá neste mar
Nos vamos mergulhar!

Que chegaste do ferido,                                      
Juntamo-nos nesta praia de Vigo                                  
Acá neste mar                                                                   
Nos vamos enamorar!                   
           
Nosso amor
Será dor,      
Acá neste mar
Nos vamos leixar!

Que chegaste do fossado,                                              
Juntamo-nos neste lugar areado                                   
Acá neste mar                                                                   
Nos vamos acarinhar!       

Nossa paixão
Será aflição,                        
Acá neste mar
Nos vamos afogar!

Mas que águas revoltadas
De repente nos são tocadas,                                                                 
Acá neste mar,                                                                  
Nos vamos mergulhar!      


Joana Cidades  10º LH nº 17

                                   Literatura Portuguesa
 

1 comentário:

Paula Ferrão disse...

É favor rever a mancha tipográfica desta cantiga. Paula Ferrão.